Farmácias do Povo
Informações
A Empresa
Entre em Contato
 
Cuide de Sua Saúde
Higiene Oral
Informações sobre Doenças
Qualidade de Vida
Saúde e Prevenção
 
Informações
Medicamentos
Terminologias
Artigos
Farmacêutico
 
A Empresa Artigos Medicamentos Entre em Contato
 

Doenças Parasitárias
Parasitas são os organismos que vivem no interior ou no exterior de outro ser, denominado de hospedeiro, extraindo deste alimentação e abrigo. Eles são causadores de diversas doenças, conhecidas genericamente como parasitoses.
Verminoses
As parasitoses intestinais, conhecidas como verminoses, ocorrem pela presença de um determinado parasita no trato digestivo do ser humano. Trata-se de um problema de saúde pública que atinge 25% da população do mundo, sobretudo países em desenvolvimento. O diagnóstico da doença é feito principalmente pelos sintomas e pelo exame de fezes, onde são visualizados os ovos e fragmentos destes parasitas.
O tratamento da verminose é realizado por meio de medicamentos denominados de quimioterápicos que podem variar de acordo com a infestação.
A seguir, mostraremos as parasitoses mais comuns e a sua profilaxia:
Ascaridíase
A ascaridíase, causada pelo Ascaris lumbricoides, é conhecida popularmente como lombriga, habita o intestino do homem. Nos casos de uma parasitose mais intensa pode ocorrer de 500 a 600 vermes. Os sintomas mais comuns são fraqueza, palidez, dor e aumento do volume intestinal, além de sintomas respiratórios como tosse, coceira e corrimento nasal, pois, durante a sua fase de larva, realizam uma passagem pelos pulmões.
Ancilostomíase
Nesta doença, os agentes parasitas mais comuns são o Ancylostoma duodenale e o Necator Americanus. A penetração da larva na pele, principalmente pelos pés, causa coceira, podendo variar de intensidade (daí a importância do uso de calçados). Além disso, pode causar anemia intensa e sangramento pulmonar devido ao parasita também passar pelos pulmões na sua fase larval.
Solitária
Esta verminose é causada por dois agentes: a Taenia saginata, que possui o boi como hospedeiro intermediário, e a Taenia solium, cujo hospedeiro intermediário é o porco. Quando o homem faz o papel de hospedeiro intermediário para a Taenia solium, ingerindo seus ovos, este desenvolverá uma outra doença, a cisticercose, que pode acometer vários órgãos, inclusive o cérebro.
O agente causador da solitária pode medir até 6 metros de comprimento, sendo encontrado apenas um espécime no intestino (daí o seu nome de solitária). Causam dor abdominal, fraqueza, perda de peso, diarréia, náuseas e sensação de fome e o seu tratamento é feito com medicamentos específicos e com a sua profilaxia.
Esquistossomose
Doença que ocorre no mundo inteiro, principalmente em países da África, Ásia e América Latina. No Brasil, onde é conhecida por "barriga d'água", estima-se que haja cerca de 6 milhões de portadores da doença. A esquistossomose é causada por um verme chamado de Schistosoma mansoni. Seus ovos, ao atingirem a água, se transformam em uma larva, que continua sua evolução em um caramujo, transformando-se em uma outra larva, chamada cercária.
Na água, as cercárias parasitam o homem, penetrando na pele, passando a se chamar esquistossômulos. Estes chegam ao pulmão, coração, artérias mesentéricas e sistema porta, onde ocorre a maturação sexual.
Em sua fase mais avançada, a esquistossomose caracteriza-se pelo aumento de órgãos como o fígado e o baço e o acúmulo de líquidos no abdomen (ascite). Daí o nome "barriga d´água".
A melhor maneira de combater a esquistossomose é através da sua profilaxia.
Enterobíase ou Oxiuríase
Parasitose causada pelo Enteróbius vermiculares ou Oxiúrus vermiculares, com grande poder de infestação, prevalecendo em países desenvolvidos. Sua contaminação direta ocorre via boca - ânus. Os sintomas estão relacionados com as manifestações digestivas como náuseas, vômitos e dores abdominais.
Fonte:
http://www.ache.com.br/consumidor/saude/doencas/parasitologia.asp?SID=61110449
Voltar

| Higiene Oral | Informações sobre Doenças | Qualidade de Vida | Saúde e Prevenção |
Rua Ulisses Cabral, 70 | Térreo | Centro | Sapucaia do Sul / RS | 93.220-000
(51) 474-8728 | contato@farmaciasdopovo.com.br

Criado e desenvolvido por lgdesign